Monitoramento é uma das ações mais importantes para manter qualquer local protegido. Porém, para agir de forma ativa diante de situações suspeitas, um sistema de detecção de intrusão pode ser um grande aliado.

Veja o que é a detecção de intrusão, como funciona e quais dispositivos que podem compor o sistema. 

O que é a detecção de intrusão?

Ao pensar em segurança e monitoramento, você pode contar com as imagens captadas por câmeras de segurança, por exemplo, e acompanhar a movimentação do local para identificar se alguma situação está fora do comum. 

Mas, e quando sua empresa pode ter recebido “visitas indesejadas” enquanto estava fechada, ou sua casa foi invadida por suspeitos? Como é possível identificar a intrusão ou agir de forma preventiva?

O sistema de detecção de intrusão tem como principal objetivo identificar a situação de risco de invasão e alertar o morador ou dono da empresa do que está acontecendo, além de acionar empresas de monitoramento. 

Para quem é responsável por manter locais protegidos, é uma excelente alternativa para identificar a violação da área monitorada e colocar em prática as medidas de segurança para evitar problemas maiores ou sanar falhas.

Como funciona a detecção de intrusão?

A detecção de intrusão pode ser feita com diferentes equipamentos. Para a escolha de cada um deles é importante a análise de um profissional de segurança eletrônica para avaliar o ambiente, o objetivo do cliente e as soluções mais indicadas.

Assim, um sistema de detecção de intrusão pode contar com equipamentos que podem inibir, como as cercas elétricas, e também diferentes dispositivos, todos eles planejados e organizados para reforçar a segurança de forma sinérgica, como alarmes, cercas elétricas e câmeras.

Desta forma, quando o ambiente tem um sistema de detecção de intrusão, a ideia é identificar a situação de violação e acionar medidas para resolver.

Invadiram o jardim da sua casa e o alarme disparou! Quem tem a detecção de intrusão pode receber um aviso no smartphone, e ao mesmo tempo, o sistema pode acionar a central de monitoramento.

Além da detecção

Vale destacar que o sistema de detecção de intrusão, além de emitir os alertas sobre a situação de risco, apresenta outros benefícios para reforçar a segurança. Um deles é a inibição de invasores. Isso porque ao avistar cercas elétricas, por exemplo, ou placas de ambiente monitorado, é possível que o suspeito se sinta inibido pelos equipamentos, que mostram que o ambiente está sendo monitorado.

Ainda, é uma forma de manter a comunicação entre a central de monitoramento, equipe de segurança e usuários. O sistema de detecção pode emitir avisos sonoros nos ambientes monitorados, alertas na central de monitoramento e até mesmo pelo smartphone do usuário.

Quais as principais vantagens da detecção de intrusão?

  • Resposta: uma das principais vantagens é a capacidade de resposta que o sistema proporciona. No caso de violação do ambiente, os equipamentos são programados para avisar sobre a situação e os encaminhamentos para que seja resolvida.
  • Agilidade: compare ambientes que são apenas monitorados. Você pode verificar a movimentação suspeita, mas não consegue ter agilidade para resolver. 
  • Prevenção: a detecção de intrusão é uma estratégia de segurança que previne danos maiores e permite que a equipe de proteção atue de forma preventiva.

Quais os principais equipamentos de segurança para detecção de intrusão?

  • Central de alarmes.
  • Cercas elétricas.
  • CFTV (para identificação).

Por fim, não esqueça que a recomendação para a escolha dos equipamentos que vão compor o sistema de detecção de intrusão é que seja feita por profissionais especializados. Assim, ele avalia todas as possibilidades para manter sua casa ou empresa em segurança.

Quer saber mais dicas sobre segurança eletrônica e como ela pode apoiar a proteção dos ambientes?